MENTIRA. Apenas transformadores toroidais PEQUENOS é que são mais caros. O processo construtivo de um toroidal é bem mais complicado do que em transformadores convencionais, tornando o processo mais caro. Porém, essa diferença é sensível apenas para modelos pequenos, abaixo de 100VA. A medida que a potência aumenta, a diferença de preço entre o toroidal e o convencional diminui. Para algumas aplicações, como iluminação, a partir de 300VA os toroidal já estão competitivos inclusive em preço. E, a partir de 1000 VA, o transformador toroidal é imbatível em preço. Explica-se: embora para o toroidal, o processo de fabricação seja mais demorado e os materiais melhores – o que torna o conjunto mais caro – em transformadores maiores a diferença de peso e tamanho é tão grande, devido ao toroidal usar bem menos material que o modelo convencional, que acaba compensado e o preço final é menor. Mas, mesmo para transformadores pequenos, em algumas aplicações onde é exigido baixo peso ou baixa altura do transformador, ou ainda, uma confiabilidade e segurança maiores – como em equipamentos médico, por exemplo – os clientes tendem a usar toroidais, mesmo sendo um pouco mais caros que os convencionais.